sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Karma

Então é isso que é Karma?
Misturar o que sou com o que não sei de mim?
Então é isso que é conhecimento?
Ignorar o mistério e ser as leis de eterno saber?

Que nos seja dado o conhecimento dos mortos
Pois, os livros dos mortos
Já foram dados a todos nós

Que algum corpo se digne a observar
O mar transformado em estrelas
As ondas em estrelas e perguntando
Que mar? Que estrelas? Que mudar lugar?

Olhei para o céu à noite
E percebi e contei
Os Anjos de Deus são Sete
E o mistério da eternidade já vos foi dito
Não há lugar para vós no paraíso

Não percam tempo se maravilhando
Apressem-se!
Pois os vossos cabelos já foram contados
E a nenhum ser humano foi retirado o privilégio de morrer
A não ser ao Andante Enoque
E a Elias Profeta
Eternos Malditos

Já vos foi dito
"É necessário rir"
Pois, tudo acaba com um sorriso
E um beijo
Que vós não sentireis
Mas que rirão vossos filhos

O caminho... O caminho senhor
É pela mão esquerda

- BASTA!

(Agradecimentos a Gil Bertho Lopes)